O Homem e os Astros

domingo, agosto 14, 2011

 Achei um caderno velho onde costumava escrever antes de fazer isso no PC. Nele, eu achei uns textos que tem no mínimo uns três anos. Não o pegava á um tempo...
 Fora minhas redações da escola esse foi um dos "treinos" para o blog. Queria ver se conseguia usar as palavras direito.
 Vou deixar aí esse texto sou péssima em definir gêneros literários para vocês. 
 E como estava lembrando do começo do blog, aproveito para agradecer á todos que me apoiaram no começo e continuam apoiando essa maluquice aqui!
 Vocês são demais! 


 Eu sentei sozinho, no escuro da noite, contemplando o céu estrelado e o brilho entorpecente da Lua. Deixei que meu corpo fosse envolvido ela brisa suave e minha mente pela imensidão do universo.
 Eu adormeci e sonhei...
 No meu sonho os astros celestes contemplavam a humanidade assim como nós á eles.
 Estávamos tão próximos uns dos outros que podíamos ser envolvidos por seu brilho e sua pureza.
 Mas a humanidade corrompeu-se, ofendendo os Astros com sentimentos e ações indignas. Por isso eles se afastaram de nós. Eles subiram aos céus tomando  a maior distância possível da Terra.
 O brilho que vemos hoje é uma visão do passado.
 Do alto de sua superioridade eles enviam sua Luz á nós como uma lembrança da insignificância da humanidade comparada a vastidão do Universo.

6 comentários:

Bento Sales disse...

Driele, posso lhe garantir que seu poema em prosa é de grande valor literário.
Sua descrição é de grande sensibilidade e seu questionamento é uma ótima reflexão do papel humano como parte ínfima do Cosmo.

Parabéns pelo texto!

Obrigado pela visita e pelo carinho no "folhas solta"!

Um forte abraço!

Marcel Camp disse...

É de fato um poema contemplativo e, se eu fosse definir gêneros, ele é segue o estilo do Romantismo!

Bonito e pouco melancólico tb. Gostei!

Tem Fido novo lá no blog.

Beijos, Driele.

Helen disse...

Driele, seu texto é muito bom.
Romântico, reflexivo.
Bom treino para o blog.
Devia investir mais.
Boa semana.

Lipe Moreiras disse...

Brigado por visitar o blog ;)
Volte Sempre

Laura Brandão disse...

Ótimo o texto Driele.
Adorei mesmo.
Olha, concordo com o pessoal aí, vc deveria investir mais heim ^^
E aí, deu a Dolly [?]
sahusuhasuha

Abraços e Ótima semana =*

Glal disse...

No mínimo,bonito.No máximo,poesia presa dentro de uma prosa.
http://juventudeinformada.blogspot.com/

Postar um comentário