A televisão está educando seus filhos por você [?!]

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

Olá sobreviventes!
 A maioria das pessoas não se importa muito com o tipo de programação que os filhos assiste. E esse é um fator importante na formação de uma criança.
 Não é incomum vermos  casos de crianças que sairam mortas ou ferridas ao tentarem imitar algum personagem de desenho.
 Ter esse tipo de cuidado pode ser visto como chatice mas não é. Já foi provado que como as crianças absorvem tudo o que veêm, e como a televisão é praticamente uma babá eletrônica na era moderna, elas estão muito propensas a imitarem o comportamento visto nas telas.  
 Por exemplo, os seriados da Disney mostram adolescentes e crianças em situações inusitadas como Hanna Montana e Zac e Cody. Nessas situações eles sempre agem da forma mais tosca, imbecíl e/ou irresponsável possível. Nos desenhos japôneses também há muita violência e sangue. Os jogos para mostrar veracidade deixam os personagens mais parecidos com pessoas e mostrando uma violência cada vez mais parecida com a real.
 Confesso que não gosto muito desse tipo de jogo. Sou da época do Pac Man, Sonic, Mario o mais violento era o Strert Fighter ou K.O.F e os de hoje os melhores são Guitar Hero e os jogos interativos como Wii.
 Uma das minhas maiores preocupações com o futuro é a formação das crianças. Acho que um dia vou ser uma mãe bem chata rs. Mas não acho saudavél crianças de 6, 7, 8 anos serem espostas a tanta agessividade e/ou imbecilidade.
 O canal que é o maior alvo do meu ódio gratuito é o Discovery Kids. Que tipo de pessoa sã deixa os filhos assitirem á isso?!
 Espero que ninguém diga nada do tipo: "Mas o conteúdo é infantíl mesmo, por isso é bobo."
 Fala sério! Os programas exibidos são praticamentes retardadores automáticos! E pior que conheço adultos que gostam de ver junto com os filhos!
 Eu cresci vendo Chaves e desenhos inocentes. Minha mãe até me mandava fechar os olhos quando passava algum cena impropria na TV. Era muito engraçado. Até hoje fico sem graça perto dela quando um vemos um filme e passa uma cena de sexo.
 A quesão é que com certeza o comportamento das crianças seria muito melhor hoje se houvesse mais atenção ao conteúdo do que as cerca. É importante alimentar a criatividade mas não a fantásia. Deve ficar bem claro o que é certo e errado; o que é real e o que não é.  Nunca acreditei em Papai Noél e estou muito bem hoje.
 A educação que damos ás crianças hoje vai definir os adolescentes e adultos que teremos amanhã. 
 Com certeza o cara que veste uma fantásia roxa de dinossauro, saí por aí dizendo "vamos fazer uma pipa verde, vamos fazer uma pipa verde" e atraí crianças com doces e brincadeiras não teve uma educação digamos... muito saudável né.

3 comentários:

phaelcampos disse...

Ahh manera com o Discovery Kids kkkkk

Pensei que vc ia dizer como o canal piorou. Lembro que uns tempos atrás o canal era totalmente diferente, com programas muito legais e documentários focando mais crianças e adolescentes. Não era TÃO infantil como hoje. A faixa etária diminuiu bastante, acho que ali serve pra crinças de até 6,7 anos.

Crinças adoram essas coisas, a gente cresceu e vê como é babaca, mas elas adoram musiquinhas idiotas e coisas coloridas.

Camila Monteiro disse...

Addd Driele, faço minhas tuas palavras, concordo com todas elas!
Ne penso em ter filhos mas ja me peguei imaginando o que ele poderia ou nao fazer de acordo com a educacao que acho viavel... aff
Sai de mim... hahahahaha

Excelente post!

Beijos

Cris Mitsue disse...

Eu lembro que, quando criança, eu assistia bastante à TV Cultura. Havia tantos programas divertidos e ao mesmo tempo educativos e inteligentes, incentivava de todas as maneiras no meu crescimento. E quando vejo as crianças de hoje me dá uma pena... Se soubessem como a programação infantil antiga dos canais eram bem melhores... Mas, claro, sempre lembrando que na minha época, a criançada não ficava o dia inteiro na frente da TV, brincávamos muito na rua, jogos simples mais que tínhamos que pensar e, assim, exercitava nossa mente desde novos. Hoje não, a mãe joga o filho no sofá, liga a tv e acha que tá tudo bem.

ISSO É UM PERIGO!

Tenho até medo daqueles Backyardigans.

Postar um comentário