Heróis #2

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

Nome: Kal-El/ Clak Kent
Categoria: Herói
Idade: Do ano de criação até aqui - 73 anos 
O Superman ou Super-Homem foi criado por Jarry Siegel e Joe Shuster em 1933. O que muitas pessoas não sabem é que inicialmente ele foi feito para ser um vilão com poderes telepáticos cujo maior objetivo era dominar o mundo. Essa primeira versão foi publicada em uma curta história chamada “O Reino do Super-Homem”.
 Cinco anos depois seus criadores reescreveram o vilão para ser um super-herói. Este herói seria o modelo perfeito de bravura e defenderia principalmente o AMERICAN WAY OF LIFEE, tão famoso na época. Em 1938 surgiu o Superman como conhecemos hoje. Sua primeira publicação foi nos HQs Comic Actions #1 da DC Comics.
(Clique na imagem para amplia-lá)
( As varias representações do herói através do tempo)

                         
 O personagem Superman foi inspirado nos feitos de figuras mitológicas e literárias. Sua força sobre humana e elevado senso moral foram inspirados em Hercules, Sansão e no Super-Homem de Nietzsche.
 Este herói traz além de habilidades sobre humanas, princípios éticos que excedem em muito a capacidade humana. Porém sua criação taraquea o fez compartilhar em gênero numero e grau nossas falhas e fraquezas, o que torna o conflito piscologico entre seu eu humano e kriptoniano muito mais intenso ao longo de sua formação de herói.

 No cinema a representação mais famosa de Superman é a de Christopher Reeve na seqüência de sucesso Superman – O filme (1978), Superman II – A Aventura Continua (1980), Superman III (1983) e Superman IV – Em Busca da Paz (1987).
 Dezenove anos depois de uma seqüência perfeita como essa a DC decidiu repaginar a lenda em Superman – O Retorno (2006). O que todos vimos não deu nada certo com a fraca interpretação de Brandon Routh.
 Na minha opinião toda a essência da dualidade Clark Kent/Superman foi negligenciada nessa versão moderna e nem vou começar a falar na Lois Lane ( Kate Bosworth) dessa versão.
 Nos desenhos o personagem tem sido bem representado até agora. Em Superman – TAS que era exibida no SBT até pouco tempo atrás e na nova Liga da Justiça o personagem manteve seu brilho original.
 Em Lois & Clark – As Novas Aventuras do Superman, o personagem ficou quase bom sendo interpretado por Dean Cain. Quem roubou mesmo a cena foi Teri Hatcher com sua ótima versão de Lois Lane que lembrava bastante a original de Margot Kidder.
 Já em Smallville – As aventuras do Superboy, a empreitada de mostrar a trajetória de formação do herói foi bem sucedida no começo mas se desgastou ao longo de suas dez temporadas. Além de colocar muitos elementos confusos na juventude do herói a série deixou tantos pontos soltos que deixou os fãs bastante contrariados. Quem acompanha a série sabe exatamente do que eu estou falando. A série se despede esse ano com um sentimento de ‘missão quase cumprida.

 O mais importane a se destacar nesse herói não são suas incríveis habilidades nem sua origem extraordinária. Mas sim, a forma como optou por ajudar a humanidade em vez de domina-lá, como era a intensão de seu pai biológico.
 " Liderar pelo exemplo não pela força" foi uma frase dita nesta temporada de Smallville por Tom Welling que interpreta o herói na série e, em minha humilde opinião de fã, traduz tudo o que este ídolo de varias gerações representa.

 Então é isso sobreviventes! Espero que tenham gostado deste segundo post da série. Lembrando que todos os textos do blog são originais então me perdoem alguma falha. Para ver o primeiro clique  aqui .
 Continuo acolhendo sugestões para as próximas edições.
 Até a próxima!

10 comentários:

Laura Brandão disse...

Podem escolher os rostos mais bonitos que tem por aí, mas ninguém jamais conseguirá superar Christopher Reeve, que para mim era perfeito em tudo.

Tanto é que depois de deixar o posto de Supermam, ninguém mais consegui permanecer no papel por tanto tempo como ele.

Abraços Driele e Ótimo final de semana.

BEM CAPAZ disse...

Eu gostei de Lois & Clark.
Com a frase genial de "Com óculos,Clark Kent.Sem óculos Super-man."
O que fez da Lois a mulher mais idiota do mundo.
Achei que os atores foram ótimos.
Poderia falar da série Lost que foi sempre menospresada pela Rede Globo?
beijokas

Driele disse...

SINTO MUITO, BEM CAPAZ, MAS EU FAÇO PARTE DOS MENOSPREZAM LOST ATÉ HJ E DERAM GRAÇAS Q A SERIE ACABOU ;D

Andre Mansim disse...

O Super homem é legal, mas eu acho que ele vem atrás dos personagens da Marvel que são muito mais fascinantes. Homem Aranha, Wolverine, X-Men, Homem de Ferro etc!!

Caixa disse...

Escreveu muito bem sobre o héroi.
Apesar de eu achar ele o héroi mais idiota de todos....
Maaaaaaaaasssssss gosto cada um tem o seu.
Bom fim de semana.

BEM CAPAZ disse...

Uauuuuuuuuu.
Só deixei a sugestão porque li.(Continuo acolhendo sugestões para as próximas edições.
Até a próxima!).
Mas não vai mais acontecer.
Desculpe fofa.

phaelcampos disse...

Superman FOI um grande herói. Não pq morreu, mas o quadrinhos sempre insistem em trazê-lo de volta do mundo dos mortos de alguma forma. O insucesso de hj em dia se deve a sua imagem já mt desgastada e a mudança das necessidades dos leitores, nós ñ queremos mais um homem certinho, líder engomadinho senhor da razão, queremos personagens com defeitos, problemáticos, sombrios e mais humanos. Ñ é a toa que batman,wolverine, watchmen, homem-aranha fizeram tanto sucesso.

William disse...

O Super-Homem ficou marcado na história dos quadrinhos, cinema e televisão. Um personagem antológico mesmo!
Me lembro do lançamento do primeiro filme com o Christopher Reeve (acho que assim q escreve o nome dele). Foi o melhor de todos.
Driele, valeu pelas palavras lá no blog.
Obrigado mesmo.
Ótimo final de semana pra ti.

Driele disse...

CONDORNO COM VC NESSE PONTO, PHAEL
MAS TENHO Q ADMITIR Q ADORO O SUPERMAN
DE UM JEITO OU DE OUTRO ELE SEMPRE SERA O 1° GRANDE SUPER-HERÓI ;D

Will disse...

Muito bom!

Minhas sugestões de leitura:
.
Para o homen que tem tudo.
A clássica aventura do Superman por Alan Moore e Dave Gibbons, criadores de Watchmen.
.
Grandes astros Superman,
A série do Superman pelo escritor Grant Morrison, acho que estava sendo publicado pela Panini recentemente.
.
Superman: Entre a foice e o Martelo.
O que aconteceria se o pequeno Kal-El tivesse sido criado na antiga URSS.
.
Olho por olho
O herói enfrenta a Elite, uma equipe de super-heróis imorais, retrato dos atuais anti-heróis que populam as HQs de hoje em dia, publicada em Superman 8 panini.

http://evilwill.com.br

Postar um comentário