Heróis #1

sábado, fevereiro 05, 2011

(Em muitas culturas a espada era considerada o símblo maximo do heroísmo)

O primeiro post da série Heróis vai tratar da condição heróica e suas varias vertentes. Seguem abaixo as categorias em que serão classificados os posts da série e algumas explicações básicas. Não vou por fotos nem citar exemplos neste primeiro post, vamos apenas conhecer um pouco sobre os vários tipos de heróis e enteder como classifica-lós. Vamos lá, sobreviventes!

Definição
 É importante dizer nesse começo que a condição de herói não se aplica somente aos mocinhos. Herói é, por definição, todo aquele que pratica ato heróico. E ato heróico é qualquer ato de coragem, destreza ou caráter notável. Por tanto nem todos os heróis são exatamente bonzinhos.

Herói
O herói da forma como conhecemos geralmente tem habilidades notáveis. Essas habilidades podem ser sobre humanas, no caso dos super-heróis ou muito desenvolvidas, porém humanas no caso dos heróis. É também a característica mais marcante  nos heróis o alto senso de valor moral, ético e de justiça.
 Os heróis existem desde o começo dos tempos.

Anti-herói
 O anti-herói é um tipo de herói que foge bastante do tipo acima. Este tipo tem todas as habilidades citas, lembrando que as habilidades de um herói podem ser tanto físicas como mentais ou ambas, mas seu senso de ética é bem menos elevado porém existente.
 Um anti-herói age primeiramente por impulsos amorais como, vingança, vaidade, ganância e etc. Esses atos levam posteriormente a pratica da justiça e do bem comum, mas não sem servir á seus próprios interesses.
 Não há uma data para o nascimento do anti-herói, mas sua aparição mais comum acontece na literatura elisabetana, se desenvolvendo através dos tempos.
 Essa espécie de herói é uma das mais comuns e alvo da grande admiração dos fãs hoje me dia. Suas características falhas o aproximam mais do homem comum.

Vilão ou antagonista
 Um vilão é geralmente visto como aquele que age contra o bem comum ou pratica atos indignos ou ilícitos.
 A maioria dos vilões hoje em dia carrega características homicidas, psicóticas, psicopatas ou alguma espécie de desequilíbrio de ordem psicológica.
 Muitas vezes o vilão chega a conquistar a simpatia do público por ter motivos trágicos que supostamente justifiquem suas ações.
 O certo em qualquer tipo de narrativa é que não existe um herói sem um vilão que esteja a sua altura em combate. O vilão também existe desde o começo dos tempos.

Criação do herói/ anti-herói/vilão
 Antes ou depois da descoberta ou desenvolvimento de suas habilidades um herói sempre passa por um momento ou vários momentos em seu crescimento que o faz amadurecer psicologicamente.
 Esse (s) acontecimento (s) funcionam como uma espécie de gatilho interno que dá inicio a saga do herói seja para o bem ou para o mal.
 O acontecimento mais marcante no desenvolvimento psicológico de um herói é geralmente a morte um ente próximo. O contato com a morte serve como uma iniciação para o mundo adulto, o que traz a vista do herói a dureza do mundo que lhe cerca. Isso dispara uma reação em cadeia que pode ser representada como:

     Perda – Luto – Revolta – Necessidade de ação – Ação

 Ou no caso da descoberta de um segredo relacionado á sua vida:
         
         Descoberta – Negação – Aceitação - Ação

 A perda da referencia paterna é, na maioria dos casos, o que  dispara a ação do herói.

Bom sobreviventes, por enquanto é isso. Espero que tenham gostado e podem aguardar o proximo post da série que falará de algum grande herói. Como ainda não decidi qual estou aceitando sugestões.

 Há, mais uma coisa se estiverem achando uma porcaria podem falar também, críticas construtivas sempre ajudam a melhorar o blog. VLW!!!

5 comentários:

Gabi Linus disse...

sugestões?
herói: Capitão América e/ou Homem de Ferro
anti-herói: Rorschach
Vilão: Coringa

gostei da nova série :D

Carla disse...

Interessante Driele,
sua abordagem foi bem concisa.

A sugestão que eu dou não sei se será do seu agrado mais vai lá ...

Napoleão Bonaparte.

beijos

Driele disse...

gaibi, mas vc adoro mesmo o homem-de-ferro hein?
vou por suas sugestoes na minha lista
vlw!

carla, napoleão é uma boa sugestão sim
esta na minha lista de heróis historicos
pretendo falar sobre ele mais a frente
vlw

Laura Brandão disse...

Driele, um Herói Oitentista = Superman *o*
Dias atuais = Wolverine *-*
Vilões Oitentista = Leks Luto, Mun rá ( O ser de vida eterna husashu) Vingador!!! e o Gargamel do desenho dos Smurfs ashuasuhsuah

Não sei se ta valendo Desenhos ashuauhsahu
Mas não poderia deixar de fora!

Laura Brandão disse...

Já tava esquecendo, abraços Driele e ótimo final de semana.

Postar um comentário