Interação Social Pra Quê???

sexta-feira, novembro 12, 2010

Por as pessoas insistem nessa coisa chamada interação social?
 É serio. Quando saio na rua chego a ficar com medo das pessoas. Com exceção dos meus poucos amigos e famila a maioria das pessoas que se encontra na rua são realmente esquisitas.
 Sempre que eu cometo o erro de sair de casa por alguma razão eu consigo me envolver em situações no mínimo embaraçosas.
 Não importa onde eu esteja. Filas, lojas, supermercados, lanchonetes até no meio da rua, por algumas razão as outras pessoas acham que eu sou uma pessoa simpática. O que, eu pensei que minha cara fosse o suficiente pra dizer, eu não sou.
 Outro dia estava andando de metrô e, de tantos lugares pra ela parar veio parar logo na minha frente, uma velinha com aquela cara de que é seu ultimo dia de vida. Como eu estava sentada ofereci o lugar pra ela e com esse gesto inocente de educação ela achou uma desculpa para puxar papo comigo e contar a vida dela inteira! E como essas situações são programadas pra ferrar você a droga da viagem não acabava nunca! Depois no caminho de casa tive que atravessar um sinal e uma mulher simplesmente olhou pra minha cara e começou a contar toda a historia de como aquele sinal era perigoso e o filho dela quase tinha sido atropelado ali. E como a mulher estava indo na mesma direção que eu ela contou todas as outras situações perigos que o filho dela já tinha passado. Como se eu conhecesse o garoto ou me importasse. Tudo que eu conseguia me perguntar era: O QUE EU TENHO A VER COM ISSO???!!!
 Por que pessoas totalmente estranhas tem essa necessidade de começar a falar do nada com outras pessoas que nunca viram na vida?
 Eu não entendo! Nunca faço essas coisas! E tem um bom motivo pra isso: Eu sou normal!
 Interação social pra que? Se uma pessoa anda na rua com fones de ouvido, óculos escuros, e não dá nenhum sinal de que quer conversar como eu faço nessas situações acredite ela não quer ser incomodada! Fora que se você tem necessidade de contar toda sua vida pra qualquer estranho que passa na rua, você tem sérios problemas.
 Eu me considero uma pessoa educada e compartilho de senso comum de que para se viver em sociedade todos  deveriam ser o mais cordiais e civilizados possível. Mas daí a sair querendo que cada transeunte seja seu melhor amigo já é demais!
 Por que todos não podem ter o mínimo de senso e não incomodar os outros com o que eles não querem saber? É tão mais fácil seguir sua vida em paz e deixar s outros em paz também.
 Ta, mas fazer o que né? Se o mundo fosse regido pelo bom senso a vida seria perfeita demais. 

6 comentários:

Wally elsissy disse...

Concordo plenamente!!!
Eu também detesto situações assim!!!
Quando é idoso ainda fico mais "simpática" mas do contrário fecho a cara e só respondo com monossílabos!

Humor Negro sem Censura disse...

'Pensador' acabei de postar algo parecido, sobre pessoas Egocêntricas sabe, eu ando escutando muit aladainha, e pior acho q eu atraiu esse tipo de coisa!
Enfim... adorei o Post como sempre!^^
Abraços e Ótimo final de Semana.

Dea disse...

Valeu pelas explicações sobre o selo! É que eu realmente não entendo nada dessas coisas. Vou tentar fazer, n sei se consigo. kkkkkkk! Mas de qualquer forma, brigadão pela indicação. Vou colocar teu blog como indicado lá no meu ;)

http://semacaso.blogspot.com

Júnior disse...

kkkkkkkkkkkkkkk verdade uhsus concordo Plenamente.

http://musilitica.blogspot.com/

Menina desocupada disse...

Trabalha melhor na tua cara de "n quero conversa com ngm, obrigado" po. Sabe aquela galerinha atendente de alguma loja, caixa etc q ja chega rindo pra falar com vc e ser "gentil"? pois eh, meu olhar de "fuck off" faz elas tirarem o sorriso da cara e fazer o trabalho delas sem conversinha pro meu lado... Viva às relaçoes estritamente profissionais\o

Caixa disse...

Sou completamente anti-social.
As pessoa que gostam de conversar com todos são muito parecidas.
Já entram no ambiente olhando para os lados escolhendo a vitima.
Ai sentam-se ao lado do infeliz escolhido e se acabam de contar coisas.
Eu vi um dia no dentista uma senhora descrever a textura e a cor da merda do marido.
Quem aguenta???

Postar um comentário